A Trans Serrano leva-o onde mais ninguém o leva!

logo Trans Serranologo Trans Serrano

Trans Serrano

Formação e Serviços na Natureza, Lda

Escalada, rapel e slide

Escalada em rocha natural (Penedos de Góis – Penacova)

  Actividade de escalada em vias de rocha quartzítica (que se caracteriza pela elevada dureza). A estrutura das vias é muito diversificada, apresentando sempre bons apoios (presa grande). Também existe a possibilidade de efectuar um via um pouco mais difícil, que além de ter bons apoios é um bocado mais inclinada negativamente (extraprumada). A envolvente paisagística é deslumbrante, com uma tranquilidade natural, e junto a uma das aldeias de xisto, a Pena. O Penedo de Góis é o ponto mais alto do concelho de Góis (1048m) e é formado por aglomerados de rocha quartzítica que escarparam as vertentes desta Serra, tornando-a num local adequado para a prática de actividades de montanhismo.
Longitude das vias: máximo de 25 metros. Altitude do local: 550 metros. Épocas recomendadas: Todo o ano, desde que não esteja tempo chuvoso. Existem vias que só podem ser escaladas no período de Julho a Dezembro.

Ponto de encontro: 9h30m / 14h30 – bombas de gasolina do Esporão (Góis).
Duração / preço:
- Opção 1: Manhã ou tarde (3h) – 25€/pax
- Opção 2: Dia inteiro (5h) – 30€/pax
Dificuldade: Fácil, com vias de 4º a 5º graus, numa escala de graduação francesa de 3 (muito fácil) a 9A+ (extremamente difícil).
Recomendações: Requer alguma destreza física.
Possibilidade de realizar este programa em Penacova.

Mais informação

Manobras de cordas: slide, rapel, escalada (Candosa-Góis)

 Multiactividade com Slide (travessia de uma margem a outra num cabo de aço com cerca de 80m com considerável desnível entre saída e recepção), Rapel (em molinete aquando da descida da escalada ou suspenso no túnel que foi aberto para a nunca construída linha férrea) e escalada (com vias bastante acessíveis e espalhadas na encosta rochosa da margem direita, esquerda do rio e na zona do túnel). Cenário deslumbrante com a garganta quartzitica formada pelo desgaste de séculos do rio Ceira sobre o canhão rochoso do Cerro de Nª Sra. da Candosa. Possibilidade de incluir BTT, tiro ao alvo e canoagem.

 Ponto de encontro: 9h30m – Ponte de Maria Mendes, estrada EN 342 que liga Serpins a Vila Nova do Ceira, no cruzamento para Lomba de Alveite.
Preço: 25€/pax. Inclui equipamentos, monitores e seguros.
Dificuldade: Fácil.
Duração: 5/6h, dependendo do nº de participantes.

Mais informação

 

Trans Serrano, Lda

| RNAAT_24 | RNAVT_3925 | Website Design: Alva Design. Powered by WordPress.