Canyoning Rio Frades

Canyoning Rio Vessadas
Canyoning Rio Teixeira

Canyoning Rio Frades

Serra da Freita, Arouca


Descrição

Actividade que implica a descida a pé do Rio de Frades (Arouca), com recurso a saltos para a água, destrepes, descidas em rapel e travessias por dentro de água. Este canyoning está localizado na Serra da Freita, junto às antigas minas de volfrâmio de Rio de Frades, na povoação homónima. A envolvente deste canyoning sofreu um forte incêndio há uns anos, pelo que é caracterizado por xistos nus que conferem à paisagem uma rudeza encantadora. É um rio que tem uma forte inclinação, pois nasce aos 1097m e, com uma bacia de 14km2, desagua no Paivô aos 240m de altitude. É um canyoning muito interessante e com algum nível técnico. Tem início na ponte do carreiro que liga Rio de Frades a Cabreiros (450m) e finaliza no acesso ao túnel das minas de Rio de Frades (370m ou 320m). Tem poços bastantes amplos e profundos, permitindo saltos de várias alturas. Inicia-se com um ressalto de 10 metros que pode ser transposto por rapel ou salto de diversas alturas. Como permite o destrepe, é possível subir várias vezes. À saída deste ressalto, surge outro (possível de contornar) com 6 metros que tem de ser ultrapassado com rapel. Durante o percurso existem vários destrepes e saltos de menor dimensão até chegar aos últimos poços: são 2 poços seguidos com ressaltos de 12 e 10 metros respetivamente, que podem ser ultrapassados por recurso a rapel simples, rapel guiado, salto ou destrepe parcial com salto. O final do percurso é bastante acessível com caminhada pela margem e travessia do túnel das minas de Rio Frades. No canyoning é fornecido pela organização o seguinte material: fato de neoprene, meia de neoprene, equipamento de proteção individual (capacete, arnês, descensor), mochilas próprias, sacos e bidons estanques. No final é necessário realizar uma caminhada de cerca de 5 minutos para chegar aos carros. Épocas recomendadas: primavera e verão (Maio a Setembro).


Duração: 3h

Carregue nas fotografias para ver melhor!

Actividade que implica a descida a pé do Rio de Frades (Arouca), com recurso a saltos para a água, destrepes, descidas em rapel e
travessias por dentro de água. Este canyoning está localizado na Serra da Freita, junto às antigas minas de volfrâmio de Rio de Frades,
na povoação homónima. A envolvente deste canyoning sofreu um forte incêndio há uns anos, pelo que é caracterizado por xistos nus
que conferem à paisagem uma rudeza encantadora. É um rio que tem uma forte inclinação, pois nasce aos 1097m e, com uma bacia de
14km2, desagua no Paivô aos 240m de altitude.
É um canyoning muito interessante e com algum nível técnico. Tem início na ponte do carreiro que liga Rio de Frades a Cabreiros
(450m) e finaliza no acesso ao túnel das minas de Rio de Frades (370m ou 320m). Tem poços bastantes amplos e profundos,
permitindo saltos de várias alturas. Inicia-se com um ressalto de 10 metros que pode ser transposto por rapel ou salto de diversas
alturas. Como permite o destrepe, é possível subir várias vezes. À saída deste ressalto, surge outro (possível de contornar) com 6
metros que tem de ser ultrapassado com rapel. Durante o percurso existem vários destrepes e saltos de menor dimensão até chegar
aos últimos poços: são 2 poços seguidos com ressaltos de 12 e 10 metros respetivamente, que podem ser ultrapassados por recurso a
rapel simples, rapel guiado, salto ou destrepe parcial com salto. O final do percurso é bastante acessível com caminhada pela margem
e travessia do túnel das minas de Rio Frades. No canyoning é fornecido pela organização o seguinte material: fato de neoprene, meia
de neoprene, equipamento de proteção individual (capacete, arnês, descensor), mochilas próprias, sacos e bidons estanques. No final é
necessário realizar uma caminhada de cerca de 5 minutos para chegar aos carros. Épocas recomendadas: primavera e verão (Maio a
Setembro).